quarta-feira, 29 de março de 2017

Debatemos a Europa e os Direitos Humanos

O Clube Europeu e o Projeto DH/AI promoveram, no passado dia 24 de Fevereiro no Auditório da Junta pelas 14.30, uma atividade sobre “Os Limites da Tolerância – O Olhar da Europa”. A sessão contou com um painel de três especialistas: o eurodeputado Carlos Coelho, o Professor Doutor Paulo Vila Maior e o Professor Doutor André Pereira Matos.














Atentos ao nível de ensino dos ouvintes (maioritariamente alunos do ensino secundário da ESE), os oradores partilharam com o público fortes preocupações sobre as atuais violações dos direitos humanos, enquadrando as intervenções na conjuntura política e jurídica europeia e internacional.
De forma clara, eloquente e apelativa para uma assembleia motivada e atenta, os especialistas deixaram aos jovens não só a informação, como o incentivo moral ao respeito pela pessoa humana e o estímulo ao ativismo que a educação informal deve fomentar no contexto escolar. Inquietações, aliás, partilhadas pelos alunos-dinamizadores na abertura através de um curioso e simbólico vídeo justamente designado “As trevas do século XXI” e de um texto da autoria Rui Bessa (12º ano) que, dando o mote ao início da sessão, proclamou, bem a propósito, as palavras que silenciosamente subscrevemos, sempre que a opressão, a iniquidade e o mal ameaçam a dignidade e a vida -“eu levo mal”!

As coordenadoras dos Clubes agradecem a todos: alunos, professores, Diretor do AEE, Presidente do Conselho Geral, Presidente da Junta de Freguesia de Ermesinde e palestrantes.

FOTOS:

TRABALHOS DOS ALUNOS:
Texto

Vídeo

quarta-feira, 22 de março de 2017

Olimpíadas Portuguesas da Matemática











O aluno Mário André Alves Gonçalves, do E7ºB, foi apurado para a Final Das XXXV Olimpíadas Portuguesas da Matemática.

Já há muito tempo que a nossa escola não estava representada numa final!

O Mário André está de Parabéns!

quarta-feira, 8 de março de 2017

Sarau de leitura "Ler prazer"

Caros/as amigos/as

No âmbito das comemorações da Semana da Leitura irá decorrer no próximo dia 10 de março, no Fórum Cultural de Ermesinde, pelas 21 horas um sarau de leitura, intitulado 




Nesta atividade participarão alunos de todos os níveis de ensino, bem como docentes, assistentes operacionais e encarregados de educação.


Os professores Bibliotecários
Teresa Maia, Júlia Correia e Zulmiro Barros

Serviço de Bibliotecas Escolares
Agrupamento de Escolas de Ermesinde - Valongo

Clube de matemática




Encontrarás informação, desafios e algum humor…

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

O Impacto da Maratona de Cartas



O Grupo de ativistas da AI da ESE recebeu o seguinte email da Coordenadora de Campanhas que aqui partilhamos. Contribuímos com cerca de 1400 cartas (ESE), mais do que o reconhecimento público, é bom conhecer os efeitos das nossas ações.


E neste aspeto ajudamos a melhorar ou como diria o filósofo Peter Singer contribuímos para melhorar algum mal.






Caros/as ativistas,
Viva!
Chegado  o fim da Maratona de Cartas, é altura de divulgarmos tudo o que foi conseguido até ao momento.
Apesar das contagens globais estarem apenas concluídas no final de fevereiro, importa salientar que já se somam mais de 3 milhões e 400 mil cartas em todo o mundo! De Portugal, a participação não poderia ter sido mais positiva: ultrapassamos o recorde de 2015, através do envio de 265 189 cartas! Quase mais 100 mil que no ano anterior!
As expectativas foram completamente ultrapassadas e só foram possíveis com a participação de mais 175 escolas, mais de 8 Universidades e Institutos Politécnicos, 24  estruturas da Amnistia Internacional espalhadas pelo país, 9 Associações e entidades e milhares de pessoas que, individualmente, arregaçaram mangas e assinaram e divulgaram a Maratona de Cartas! Em nome de toda a equipa, muito obrigado.
Assim, em 2016:
- Pudemos contar com a presença e apoio de Luaty Beirão e Marcos Mavungo, ambos ativistas angolanos libertos em 2016 com ajuda da pressão exercida por milhares de assinaturas;
- Enviamos mais de 60 mil cartas para a Casa Branca, num total de 1 101 252 de cartas enviadas de todo o mundo em conjunto com a Ameican Civil Liberties Union, com a Human Rights Watch, a Demand Progress e a CREDO Action, no âmbito da campanha Pardon Snowden; 
- Enviamos mais de 65 000 cartas a apelar pela libertação imediata de Shawkan  (que foi um dos quatro galardoados com o prémio da Liberdade de Imprensa do Comité Internacional para a Proteção de Jornalistas). Um recado transmitido também na reunião com a Embaixada do Egito em Lisboa no dia 2 de fevereiro, e ao Ministério dos Negócios Estrangeiros por ocasião da visita do Presidente Egípcio a Portugal em novembro;



- As milhares de assinaturas  destinadas ao Presidente do Malawi cumpriram já a sua missão: foi já criado um sistema legal de proteção a todos os albinos no país, e instamos agora a que seja feito um policiamento e um cumprimento da lei de forma eficaz. Ajudaram-nos nessa tarefa já mais de 73 mil pessoas que assinaram o nosso apelo;
- Enviamos mais de 63 mil assinaturas a apelar que Eren Keskin não seja detida! Uma mensagem também transmitida durante uma reunião não muito amigável com a Embaixada da Turquia em Lisboa no passado dia 1 de fevereiro.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DAS ESCOLAS DÁ VOZ AOS ALUNOS










"Os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário vão poder decidir quais as melhorias a introduzir nos seus estabelecimentos de ensino, de uma forma democrática, no âmbito do Orçamento Participativo das Escolas.
Através desta medida, pretende-se dar voz aos alunos e resposta às suas necessidades e interesses, assim como promover a sua participação cívica."

PARTICIPA!

Para mais informações consulta o seguinte endereço:


ou contacta os serviços da DGEstE, através do endereço de mail:

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017







Realizou-se no dia 9 de novembro de 2016 a
1ª Eliminatória das Olimpíadas da Matemática

Os alunos mais bem classificados do Agrupamento foram os seguintes:

Pré-Olimpíadas – 5º ano
1º) Diogo Lourenço – E5ºF25 pontos
1º) Diogo Gomes – E5ºF – 25 pontos
2º) Mariana Merêncio Pinheiro – E5ºE – 16 pontos

Categoria Júnior – 6º e 7º anos
1º) Mário André Alves Gonçalves – E7ºB – 25 pontos
2º) Daniel HuchyK – E6ºD – 16pontos
3º) Fernando Miguel Penides – A7ºD – 15 pontos

Categoria A – 8º e 9º anos
1º) Tiago Santos – E8ºF – 32 pontos
2º) Pedro Nunes – E9ºD – 22 pontos
3º) André Filipe Oliveira – E8ºA21 pontos

Categoria B – 10º, 11º e 12º anos
1º) Diogo Alexandre Sousa Branco – 10ºF– 21 pontos
1º) João Ferreira – 12ºA – 21 pontos
2º) Pedro Borges -  10ºJ – 20 pontos

Parabéns a todos!

UM BOM ANO PARA TODOS!

animated-happy-new-year-image-0044


quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Dias dos Direitos Humanos


Dias dos Direitos Humanos

O Clube Europeu e o Projeto Direitos Humanos- Amnistia Internacional irão promover nos dias 9 e 12 de Dezembro durante os turnos da manhã e da tarde, na ESE o 68º aniversário da proclamação da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Agradecemos a participação de toda a comunidade escolar.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Dia 9

Teatro – O julgamento de Hitler & Conferência -

A Europa e os Direitos Humanos


Auditórios da ESE e da Junta

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Dia 12


Maratona de Cartas & Biblioteca Humana


Bloco A e BE

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Dia Mundial da Filosofia

O Dia Mundial da Filosofia foi instituído em 2002, pela UNESCO, no sentido de promover a reflexão filosófica sobre os problemas do mundo atual.
Como referiu Irina Bokova, Diretora Geral da UNESCO, por ocasião deste dia: "A prática da filosofia é um processo que beneficia toda a sociedade. Ela ajuda a construir pontes entre povos e culturas e aumenta a demanda pela qualidade da educação para todos. A filosofia estimula o respeito à diversidade cultural, a troca de opiniões e compartilha os benefícios da ciência, que são as condições para genuínos debates. (...) temos de nos mobilizar em conjunto para aproveitar o incrível potencial transformador da filosofia."

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Homenagem a Manuel Henrique Almeida - Professor de Filosofia e Maestro do grupo Coral da ESE




No dia mundial da filosofia

Já é longa e plural a história dos professores de filosofia da ESE. Nela, como em todas as estórias, cabe também a memória e o reconhecimento dos que por aqui passaram, como o nosso colega Manuel Henrique Almeida, recentemente falecido, que teve na comunidade escolar um papel memorável, não só como docente como também como 1º Diretor do Centro de Formação e como maestro do grupo coral. À BE legou um vasto espólio da sua Biblioteca pessoal.
Procurar entre os jovens o sentido de um professor, o contributo para a formação integral dos alunos, pareceu-nos ser o modo mais assertivo de o representar. 




Decidimos por isso divulgar a voz de Vítor Mota num escrito em junho que fala da música do maestro, do amor à vida e às ideias, à filosofia e aos amigos:

“Ontem morreu um amigo. Daqueles que marcam a vida para sempre. (…).

No início da minha adolescência desenvolvi um enorme interesse por música. (…). Ia aprendendo por mim (…) mas faltavam-me as bases para evoluir. Foi então nessa altura que o meu pai resolveu pedir ao Manel, que era maestro e um músico com bases sólidas, que me desse umas aulas. Lembro-me perfeitamente do nosso encontro naquele domingo no café Chaimite em Rio Tinto, (…) dirigiu-se a mim e disse-me: "então o teu pai falou-me que queres aprender música. Faz-me aí uma escala de Dó Maior na mesa". Eu troquei mal os dedos e ele lançou-me um olhar e balbuciou algo que sugeria que seria de esperar muito trabalho pela frente comigo.

Seguiram-se muitas tardes em casa dele onde para além de teoria musical falávamos de muitos outros temas, emprestava-me livros que depois comentávamos em sessões posteriores. (…). Claro que também não nos esquecíamos do nosso FCP (…) Fomos (…) juntos (…) ver o nosso Porto ao velhinho estádio das Antas. Aquelas caminhadas para o estádio eram sempre mais uma oportunidade para ir discutindo os mais diversos temas até ao apito inicial e a bola começar a rolar no relvado deixando para trás o Sócrates, Platão, Nietzsche, Bach, Beethoven, Debussy e tantos outros que tanto quanto sei nunca jogaram no FC Porto!

Ele era um professor de Filosofia e acima de tudo alguém que encarava o mundo como um verdadeiro filósofo. As nossas conversas (…) ajudaram-me a crescer ……………

Obrigado por tudo Manel. Partiste. (…). Mas a marca que deixas na minha memória, e acredito que na de muitos nós, permanecerá e continuará a moldar os que por ti foram tocados.




(clicar nas imagens para aumentar)



P.S.: compus esta música, https://www.youtube.com/watch?v=fISu_2xl9UA, na altura em que tinha aulas com o Manel. Foi um dos exercícios de composição musical que ele me deu onde me pediu para musicar parte de um poema da poetisa Brasileira Cecília Meireles.»





quarta-feira, 9 de novembro de 2016